"Os peixes também sabem cantar"

 

“ Relativamente à viagem, superou todas as minhas expectativas."

Piedade Raposo

 

- Acabei de ver aumentado o meu léxico: não sabia que havia equivalente ao ‘lahar’ (termo javanês para o movimento de água/gelo+material vulcânico resultante de erupções em ambiente glaciar em islandês! Jökulhlaup, muito mais fácil de pronunciar, sem dúvida! Vivendo e aprendendo; - Ólafur Arnolds: colocar tudo num saco e tirar à sorte, só saem pérolas! nunca falha; - Gargalhada do dia ao som de Ljótu Halfvirtarnir. Maior densidade de instrumentos musicais por área de monitor e num barco! Vemo-nos novamente num destes invernos!

Alexandra Coelho

 

“Com tão belos cenários, qualquer fotógrafo é bom, verdade? Para mim, foram uma surpresa e um prazer enorme ter ido finalmente aí, e estar em tão boa companhia - aceder ao seu conhecimento da realidade, sobretudo com a emoção com que nos era transmitido! São dias que nunca mais esquecerei - andava realmente, à procura da Beleza, do silencio e da paz. O grupo, apesar de grande, era simpático - foi muito agradável partilhar esses dias com todos. mas tudo o mais nos foi favorável: o clima, a sua disponibilidade e a do motorista. Os cenários escolhidos para o alojamento. Trouxe hoje da Biblioteca pública o livro "Os peixes também sabem cantar", de Halldór Laxness; o "Gente independente" não estava disponível - será para a próxima. Durante os próximos dias andarei ainda muito pela Islândia, porque não anotei em viagem tudo o que queria e tenho de o fazer enquanto a memória está fresca. Beijinhos”.

Aurora Antunes

 

De 8 a 15 Junho, grupo Pinto Lopes Viagens